Dieta para diabetes gestacional: saiba mais sobre

A dieta para diabetes gestacional é fundamental para auxílio dessa condição durante o período de gravidez. Isso porque se alimentar corretamente já é importante para qualquer pessoa, ainda mais para quem se torna diabética. Dessa forma, seguir uma vida saudável de dieta e  prática de exercícios físicos, interfere na saúde da gestante e da criança. Para entender melhor sobre esse assunto, trazemos esse texto com dicas para controle da diabetes gestacional.

O que é diabetes gestacional

Primeiramente, é preciso entender o que é essa condição de fato. A diabetes gestacional recebe esse nome porque ocorre durante o período gestacional. Neste período alguns hormônios produzidos pela placenta causam uma resistência na ação da insulina, fazendo com que os níveis de açúcar no sangue aumentem e assim, dando margem a riscos na gravidez e com o bebê caso não seja tratado da forma adequada.

Atividade física

Sabe-se que a diabetes gestacional pode sim ser controlada, por meio da dieta alimentar e exercícios físicos regulares, acompanhados por profissionais da área. Geralmente, os médicos recomendam atividades físicas de intensidade moderada de pelo menos 30 minutos, como por exemplo, caminhadas ou natação. Esse tipo de recomendação se dá pelo controle do nível de açúcar no sangue que os exercícios físicos proporcionam, estimulando o corpo a mover a glicose para as células, onde é utilizada para produzir energia.

 O exercício físico também auxilia no aumento da sensibilidade das células do nosso corpo à insulina. De forma clara, isso significa que seu corpo necessitará de uma produção menor de insulina para transportar o açúcar pela corrente sanguínea. Entretanto, fique atenta aos aumentos e quedas repentinas das taxas de açúcar no sangue, e assim, eventuais incidentes.

Dieta para diabetes gestacional

Existem alguns alimentos que são aliados no controle da diabetes gestacional, ou seja, aqueles que possuem baixo índice glicêmico. Em geral, as dietas indicadas para a diabetes gestacional possuem menos calorias do que as que se costumam permitir durante este período: entre 1.600 e 2.000 calorias diárias, com energia proveniente de 40 a 60% de açúcares complexos, 25% de proteínas e entre 15-25% de gorduras. Além disso, preste atenção ao tamanho das porções dos alimentos para evitar excessos e o aumento dos níveis de açúcar no sangue.

 A seguir, alguns exemplos desses alimentos para diabetes gestacional:

 As frutas são sempre ótimas escolhas para consumo, principalmente com casca e bagaço, já que são ótimas fontes de fibras e frutose. Procure consumi-las in natura, preferencialmente de sobremesa, evitando sucos e papas, que são absorvidos muito rapidamente, fazendo a glicose subir.

  • Outra opção interessante para quem tem diabetes gestacional são os vegetais crus, como salada, que ajuda no controle da velocidade de “entrada e saída” do açúcar no sangue.
  • Evite consumir alimentos gordurosos e com poucos nutrientes, como doces, produtos industrializados e frituras no geral.
  • Coma proteína em todas as refeições;
  • Opte por consumir as versões integrais ou naturais dos alimentos, como por exemplo, frutas in natura, ao invés do suco delas; e também legumes, cereais integrais, leite e iogurte desnatado, queijo branco, carnes pobres em gordura, como peixe e frango.
  • Procure manter horário regulares para realizar refeições com intervalos regulares. Não fique muito tempo sem se alimentar, a fim de evitar oscilações dos seus níveis de açúcar no sangue.

Entretanto, não realize dietas ou pratique exercícios físicos sem acompanhamento médico especializado em diabetes gestacional. Medidas tomadas por conta própria podem acarretar problemas de saúde tanto a mamãe, quanto ao feto. Além disso, busque sempre farmácias com produtos de qualidade e origem confiável, como a DiabetesFarma.

Deixe seu comentário

img

Pesquisar